11.12.05

LARANJA

Campanha de Lula em 2002 pagou R$ 796 mil a laranja

(da Folha Onlinee da Folha de S.Paulo/ 11/12/2005)

Na prestação de contas da campanha de Luiz Inácio Lula da Silva a presidente em 2002, o PT disse ter pago R$ 795,7 mil a uma empresa cujo objeto social nada tinha a ver com o serviço remunerado e cujas sócias dizem nunca ter participado dela, relata Chico de Gois, em reportagem publicada neste domingo na Folha de S.Paulo.O partido apresentou notas fiscais da Santorine Comercial e Distribuidora Ltda. para provar que o serviço --fabricação de faixas e bandeirinhas-- foi feito.Mas o contrato social da empresa a definia como atacadista de alimentos e bebidas.Na Junta Comercial e na Secretaria Estadual da Fazenda, a Santorine, fechada em 2003, informava dois endereços, em Campinas. Um funcionário de um e o dono do outro negam que os locais tenham abrigado a empresa. Três ex-sócias negam ter participado dela.O PT diz que o negócio com a Santorine teve "trâmites legais" e que o TSE aprovou as contas da campanha.

Um comentário:

brasileira disse...

Você tem certeza disso? Interessante é que já foi explicado, mas as pessoas só colocam denúncias, mas a defesa não.